BNDES criará linha de financiamento para TV digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) definirá em 30 dias uma linha de financiamento para a indústria nacional e radiodifusores implantarem a TV digital no País. Segundo o assessor especial da Casa Civil, André Barbosa, ainda não está definido o valor disponível no banco para esse financiamento. Também está previsto financiamento de mais de US$ 500 milhões do banco japonês JBIC. Os detalhes dos financiamentos estão sendo discutidos entre técnicos do governo brasileiro e uma delegação de 24 japoneses representantes de indústrias e do governo do Japão. As reuniões entre os dois países começaram hoje e vão até quinta-feira.Segundo o secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Roberto Pinto Martins, foram criados hoje grupos de trabalhos, formados por japoneses e brasileiros, para tratar da cooperação tecnológica e padronização, suporte e cooperação da indústria eletroeletrônica, desenvolvimento de recursos humanos, propriedade intelectual e financiamento. Também serão estabelecidos nestes três dias planos de trabalho para cada um dos grupos, que deverão voltar a se reunir no início do próximo ano, no Japão.Antes disso, porém, no dia 29 de dezembro, deverão ser concluídas as características (especificações) tecnológicas que constarão do sistema brasileiro de TV digital, com base no padrão japonês. Também será definido até o fim do ano quais tecnologias desenvolvidas no Brasil serão incorporadas ao sistema do Japão.O secretário de Tecnologia Industrial do Ministério do Desenvolvimento, Jairo Klepacz, disse que nesses encontros também está sendo discutida a estratégia de apresentação do modelo nipo-brasileiro ao mercado internacional. Está sendo preparado para o próximo mês um "road show" em países da América do Sul.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2006 | 18h48

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.