BNDES libera para Klabin o 5º maior financiamento da história

O BNDES formalizou hoje, em solenidade no Palácio do Planalto que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a concessão de uma linha de financiamento no valor de R$ 1,74 bilhão para as indústrias Klabin e de R$ 50 milhões para o Magazine Luíza. Os recursos se destinam ao aumento da capacidade de produção da unidade da Klabin Papéis, em Telêmaco Borba, no Paraná, e à compra de 40 mil computadores populares que serão comercializados nas lojas do Magazine Luíza."Esse projeto da Klabin tem característica emblemática, pois é o 5º maior financiamento da história do BNDES", disse o presidente da instituição, Demian Fiocca, após a solenidade, que foi fechada. No caso da Klabin, os investimentos permitirão, segundo o banco, um aumento da produção de papéis, de atualmente 680 mil toneladas por ano para 1,1 milhão de toneladas anuais e a ampliação das exportações para US$ 1,5 bilhão, no período entre 2008 e 2016.O investimento permitirá, também, à Klabin aumentar em 34 mil hectares o cultivo de florestas de pinos e eucaliptos no Paraná, até 2008, e a implantação da primeira máquina de papel de grande porte em 12 anos, no País. A Klabin já tem 230 mil hectares de florestas e 18 unidades industriais, das quais 17 no Brasil e uma na Argentina. O investimento permitirá à empresa a criação de 4.500 empregos diretos na fase de implantação e 562 postos permanentes de trabalho nas áreas de operação e floresta da empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.