BNDES libera R$ 117,3 milhões para Coelba

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 117,3 milhões para a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).Segundo nota divulgada pelo banco, o investimento total na expansão e na modernização da rede de distribuição da empresa será de R$ 201,2 milhões, sendo que a concessionária aplicará R$ 83,9 milhões com recursos próprios. A operação de crédito terá a intermediação de quatro agentes financeiros do BNDES - Banco do Brasil, Votorantim, Bradesco e Santander.De acordo com o banco, com o projeto de investimentos que será em parte financiado pelo BNDES, a estimativa é de criação de 500 empregos, entre diretos e indiretos, o que fará com que o número de trabalhadores envolvidos na prestação de serviços à Coelba suba para 10,3 mil.A Coelba é uma distribuidora de energia elétrica controlada pela holding Neoenergia, que tem como sócio majoritário a Previ, com 49%. O grupo espanhol Iberdrola é o segundo maior acionista, com 39%, e o Banco do Brasil tem os restantes 12%.

Agencia Estado,

09 de agosto de 2006 | 16h54

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.