Bolívia prevê indenizar Petrobras pelas refinarias

O presidente da Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), Jorge Alvarado, disse ontem que a Petrobras receberá uma compensação pela nacionalização de suas duas refinarias no país. Segundo Alvarado, a Bolívia quer controlar 50% mais 1 das refinarias de Cochabamba e Santa Cruz, e fará uma avaliação das ações a serem compradas. ?Nunca dissemos que a nacionalização é confiscatória.? As duas unidades foram compradas pela Petrobras em 1999, por US$ 102 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.