Bolsa começa semana decisiva das eleições em queda de 2,55%

Ibovespa recuou para 54.302,57 pontos, à espera de pesquisas

Claudia Violante, Agência Estado

20 de outubro de 2014 | 17h46

A Bovespa abriu a semana em trajetória de baixa, influenciada na abertura pelo mau humor externo e também pelo resultado da pesquisa de intenção de votos da CNT/MDA conhecida durante a sessão. O índice chegou a melhorar à tarde com a recuperação de Wall Street, mas no finalzinho as perdas se agravaram, puxadas principalmente por Petrobrás. 

O Ibovespa terminou o dia em baixa de 2,55%, aos 54.302,57 pontos. Na mínima, registrou 54.300 pontos (-2,56%) e, na máxima, 55.720 pontos (-0,01%). No mês, acumula ganho de 0,35% e, no ano, de 5,43%. O giro financeiro totalizou R$ 11,102 bilhões, dos quais R$ 3,626 bilhões referentes ao exercício de opções sobre ações. 

Pelo menos nove pesquisas sairão até as eleições de domingo e como os levantamentos estão mostrando empate técnico, o mercado está se protegendo. A pesquisa CNT/MDA mostrou hoje Dilma Rousseff com 50,5% e Aécio Neves com 49,5% dos votos válidos. Ainda em situação de empate - a margem de erro é 2,2 pontos porcentuais -, mas esta pesquisa já veio ao contrário das últimas Datafolha e Ibope, que trouxeram Dilma com 49% e Aécio com 51%. Hoje sai levantamento Vox Populi e Datafolha, este último o mais aguardado.

"Os levantamentos mostram que a eleição vai ser definida no detalhe, então o investidor já abriu a semana se defendendo", comentou Thiago Montenegro, trader da Quantitas Asset. 

Em meio a esse cenário incerto, Petrobrás ampliou a queda na reta final e caiu 6,13% na PN e 5,83% na ON. BB ON recuou 5,78%. 

As bolsas em NY operavam sem uniformidade. O Dow Jones recuava 0,05%, o S&P subia 0,74%, e o Nasdaq avançava 1,11%. Com o horário de verão do Brasil, as bolsas norte-americanas agora encerram às 18 horas de Brasília. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.