Bolsa da Índia fixa recorde após previsão de alta do PIB

A Bolsa da Índia estabeleceu um novo recorde de fechamento em pontos hoje, impulsionada por previsões do governo para o crescimento do país. Na primeira estimativa para o ano completo, divulgada hoje, a Organização Central de Estatísticas previu que a economia da Índia deve crescer 9,2% no ano fiscal que se encerrará em 31 de março. Se confirmando, será o ritmo de crescimento mais acelerado dos últimos 18 anos, o que evidencia o potencial do país para se equiparar à expansão da economia chinesa. O prognóstico supera a estimativa anterior do governo de crescimento entre 8,5% e 9% para o ano fiscal e exacerba as preocupações sobre superaquecimento da economia local. O índice Sensex da Bolsa indiana subiu 164,94 pontos, ou 1,1%, para 14.643,13 pontos. A alta do mercado acionário foi alavancada pela valorização da Bajaj Auto, em razão das expectativas de reestruturação de seus negócios, e pelo ICICI Bank, que elevou suas taxas de juros ontem. Os operadores acreditam que o mercado deve sustentar os ganhos no curto prazo, em antecipação à divulgação, no dia 28 de fevereiro, da proposta orçamentária para o ano fiscal que começará em 1 de abril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.