Bolsa de Atenas proíbe venda a descoberto por 2 meses

O órgão regulador do mercado da Grécia, a Comissão de Mercados de Capital Helênica, informou que proibiu todas as vendas a descoberto no mercado de ações de Atenas pelos próximos dois meses. No mercado financeiro, venda a descoberto ocorre quando um investidor vende algum ativo que ainda não possui, na espera que o preço caia, para daí então lucrar com a compra.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

28 de abril de 2010 | 08h51

"A Comissão de Mercados de Capital, levando em conta as condições extraordinárias no mercado grego, decidiu proibir as vendas a descoberto de ações listadas na Bolsa de Valores de Atenas", disse a comissão em um comunicado. "A proibição tem efeito a partir de hoje, 28 de abril, e permanece em vigência até 28 de junho de 2010", acrescentou o órgão. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasAtenasvenda a descoberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.