Bolsa de Atenas sobe com bancos, à espera de sinal verde de Merkel

Índice de ações de bancos da Bolsa de Atenas subia 5,8% próximo às 8h20

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

28 de abril de 2010 | 09h30

As ações dos bancos gregos recuperam-se e influenciam positivamente o índice de referência da bolsa, com investidores embutindo nos preços expectativas de que a Alemanha dê seu aval definitivo para a liberação do pacote de ajuda União Europeia - FMI de 45 bilhões de euros para a Grécia. "Os investidores esperam notícias positivas da Alemanha durante a entrevista com a imprensa da chanceler alemã, Angela Merkel, porque eles não podem continuar com prevaricações e deixar simplesmente que a Grécia quebre; esse é o motivo da melhora do sentimento", disse um analista de banco local grego.

 

O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, deve conceder entrevista para a imprensa com o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, e com o diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, por volta das 10h (de Brasília). Trichet e Strauss-Kahn foram à Alemanha para se reunirem com parlamentares e com Merkel, respectivamente. Merkel deve conceder entrevista próximo às 13h30 (de Brasília), de acordo com a Dow Jones. 

 

O subíndice de ações de bancos da Bolsa de Atenas subia 5,8% próximo às 8h20 (de Brasília). As ações do banco National subiam 7%, as do Eurobank avançavam 6,3%, do Alpha ganhavam 6,6% e as do Piraeus somavam 5,1%. O índice de referência da Bolsa de Atenhas ASE operava em alta de 2,28% às 8h42 (de Brasília), segundo o site da bolsa. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AtenasGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.