Bolsa de Caracas opera em baixa de 14,7%

O mercado venezuelano de ações opera em queda forte, um dia depois de o presidente Hugo Chávez anunciar que pretende nacionalizar o setor elétrico e a CANTV, a maior operadora de telefonia da Venezuela. Às 15h50 (de Brasília), o índice geral do mercado (IBC) caía 14,7%, para 52.873,79 pontos. As ações da CANTV permaneciam no mesmo nível de ontem, com os investidores evitando fazer qualquer negócio com elas. A Bolsa suspendeu as transações com ações da Electricidad de Caracas, depois de elas caírem 20,4%. "As pessoas estão nervosas porque vêem uma posição mais radicalizada do governo", comentou o operador Xavier Vegas, da corretora Activalores. A Bolsa venezuelana foi a que mais subiu em todo o mundo em 2006, acumulando alta de 156,11%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.