Bolsa de Frankfurt tem alta de 1,22%; Milão +0,48%

A Bolsa de Frankfurt fechou igualmente sustentada por noticiário envolvendo fusões e aquisições, o assunto preferido do mercado neste momento, segundo um investidor. As ações da Basf subiram 1%, com o anúncio de que concordou com a compra de algumas operações da Degussa, por 2,2 bilhões de euros, excluindo dívidas assumidas pela companhia. As ações da Degussa fecharam em baixa de 0,5%. Os ganhos na abertura dos negócios em Wall Street também ajudaram a manter o entusiasmo do mercado alemão. As ações da Deutsche Telekom fecharam em alta de 1,5%, na expectativa da divulgação de seu balanço. Os papéis da Schwarz Pharma subiram 2,6%, depois de a autoridade norte-americana ter aprovado um de seus medicamentos, o Neupro. O índice Xetra-DAX fechou em alta de 70,57 pontos (1,22%), em 5.866,61 pontos. Na Bolsa de Milão, o índice MIB30 terminou o dia em alta de 182 pontos (0,48%), em 37.796,00 pontos. Entre os destaques de alta estiveram os papéis da STMicroelectronics (+3,12%), da TelecomItalia (+3,37%) e da Alleanza (+3,33%). Os papéis da ENI caíram 2,59%, com anúncio de seu balanço. O lucro líquido ajustado subiu para 2,4 bilhões de euros, 9,8% acima do ano anterior. O dividendo aumentou 22%. As informações são da Dow Jones. (Cynthia Decloedt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.