Bolsa de Hong Kong fecha com perda de 0,2%

A Bolsa de Hong Kong fechou o pregão de hoje com o índice Hang Seng apontando queda de 0,2%. Segundo um analista, os investidores avaliam que a cotação dos papéis ainda não incorporou totalmente a possibilidade de uma desaceleração econômica nos EUA. Na China, a Bolsa de Xangai encerrou os negócios sem definir uma tendência. O mercado ?B?, onde são negociadas as ações em moeda estrangeira, sucumbiu à realização de lucros depois que a mídia local desmentiu rumores acerca de uma possível fusão com o mercado ?A?. O índice Xangai Composto, que mede o desempenho dos dois mercados, fechou com alta de 0,1%, enquanto o Shenzhen Composto caiu 0,1%. O yuan voltou a se valorizar frente ao dólar. No sistema automático de preços, a moeda norte-americana fechou a 7,9348 yuans, contra 7,9350 ontem. A paridade central chegou a 7,9342, menor cotação do dólar desde a valorização cambial do ano passado. Em Taiwan, o índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé ficou praticamente inalterado, recuando apenas 0,01%. Realizações de lucros nos setores financeiro e de tecnologia ofuscaram os ganhos obtidos pelas ações das empresas com negócios na China continental. Estas foram impulsionadas pela expectativa quanto a uma possível desvalorização do yuan. A Bolsa de Sydney, na Austrália, foi influenciada negativamente pelas declarações do diretor-gerente do FMI, Rodrigo de Rato. Na reunião do Fundo, em Cingapura, ele disse que o ?ciclo de crescimento global? pode estar terminando. O índice S&P/ASX 200 da bolsa australiana declinou 0,3%. BHP Billiton perdeu 0,2%. Já nas Filipinas, as perspectivas favoráveis para a economia do país atraíram os investidores estrangeiros, que levaram o índice PSE Composto da Bolsa de Manila ao seu maior nível de fechamento dos últimos quatro meses. A alta do índice foi de 2,5%. Philippine Long Distance Co. subiu 3,2%. Na Coréia do Sul, as compras realizadas pelos estrangeiros limitaram as perdas da Bolsa de Seul. O índice Kospi fechou com declínio de 0,03%. A Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) encerrou em baixa, com o índice composto de 100 blue chips declinando 0,28%. O Strait Times da Bolsa de Cingapura recuou 0,54% e, na Bolsa de Jacarta (Indonésia), o JSX Composto fechou com alta de 0,75%. (As Informações são da Dow Jones)

Agencia Estado,

19 de setembro de 2006 | 07h23

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.