Bolsa de Hong Kong fecha com queda de 0,94%

A incerteza quanto à taxa de juros dos EUA, a ser definida na semana que vem, fez a bolsa de Hong Kong fechar o pregão de hoje com uma queda de 0,94% no índice Hang Seng. Das ações que compõem o índice, somente as da Lenovo tiveram alta, de 3,6%. A bolsa da China encerrou os negócios em baixa, afetada pela divulgação do balanço semestral da fabricante de autopeças Shangai Automotive, que teve um lucro abaixo do esperado. O Xangai Composto perdeu 1,93% e o Shenzhen Composto caiu 2,77%. O mercado chinês continua preocupado com as novas emissões previstas para os próximos dias, e que podem reduzir a liquidez da bolsa. Cinco empresas devem fazer seus lançamentos na próxima semana, incluindo a gigante Air China, com uma emissão de 8 bilhões de yuans. No sistema automático de preços, a moeda local teve um leve recuo e o dólar fechou cotado a 7,9773 yuans, contra 7,9752 ontem. A bolsa de Taiwan fechou com queda de 0,3% no índice Taiwan Weighted, pressionada por realizações de lucros no setor de tecnologia. United Microelectronics caiu 0,8%. Na Austrália, os investidores realizaram lucros com as ações da Rio Tinto e levaram o índice S&P/ASX 200 a uma queda de 0,8%. As ações da mineradora perderam 2,2%, apesar dos bons resultados em seu balanço divulgado ontem. Também fecharam em baixa as ações da líder de mercado, BHP Billiton, que recuaram 1,1%. O mercado de ações das Filipinas encerrou o pregão com alta de 0,2% no índice PSE Composto, puxado pelos papéis da Philippine Long Distance Company, que subiram 1,5%. Em Nova York, os ADR?s da empresa também tiveram valorização, de 2,2%. O desempenho reflete a expectativa pelo balanço semestral da companhia, que será divulgado na terça-feira. A inflação de julho, de 6,4%, ficou abaixo dos 6,7% de junho e dentro das estimativas do banco central filipino. O índice foi bem recebido pelo mercado. A bolsa sul-coreana fechou a sexta-feira com alta de 1% no índice Kospi, puxado principalmente pelas ações de corretoras e bancos. Na bolsa de Kuala Lumpur (Malásia), o índice composto dos 100 principais papéis fechou em alta de 0,29%. O índice Strait Times, da bolsa de Cingapura, encerrou em alta de 0,24% e o JSX Composto, da bolsa tailandesa, em alta de 0,70%. (As informações são da Dow Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.