Bolsa de Londres cai a nível mais baixo desde agosto

A Bolsa de Londres operava em forte queda na manhã de hoje, com o índice FTSE caindo abaixo dos 5 mil pontos pela primeira vez desde 10 de agosto. As perdas se aceleraram após o ministro de Finanças da Alemanha reafirmar que é contra a criação de um bônus comum da zona do euro (eurobônus), mesmo se ele fosse emitido apenas por países com rating (classificação de risco) triplo A (a mais alta). Às 8h50 (horário de Brasília), o índice FTSE recuava 1,76%, para 4.953 pontos.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

23 de setembro de 2011 | 08h55

A informação de que a Comissão Europeia não tem planos de acelerar a recapitalização de 16 bancos que quase falharam nos testes de estresse realizados em julho, desmentindo matéria publicada ontem pelo Financial Times, também pesa sobre as bolsas europeias.

O setor bancário lidera as perdas em Londres, com Barclays recuando 1,2% e RBS em queda de 1,8%. As mineradores são prejudicadas pelo recuou nos preços dos metais, com a Antofagasta registrando desvalorização de 4,9%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaLondresquedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.