Bolsa de Londres sobe 0,50%, em reação à ata do BC inglês

A Bolsa de Londres opera em alta, reagindo à divulgação da ata da última reunião do Banco da Inglaterra (BoE). A ata revelou que um dos nove membros do Comitê de Política Monetária votou a favor de corte na taxa de juros, enquanto os demais membros do comitê votaram a favor da manutenção da taxa em 5,25% ao ano. Uma pesquisa realizada pela Dow Jones mostrou que os analistas esperavam um placar de 7 votos a favor da manutenção e 2 votos a favor de um novo aumento. A ata também pressionou a libra esterlina contra o dólar. Às 8h21 (de Brasília), o índice FTSE-100 subia 0,50% e a libra esterlina caía 0,02% para US$ 1,9612. Outras bolsas européias operam próximas da estabilidade, aguardando o comentário do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) que acompanha o anúncio da decisão da taxa de juros, previsto para as 15h15 (de Brasília) de hoje. O índice CAC-40 da Bolsa de Paris subia 0,04% e o índice DAX da Bolsa de Frankfurt ganhava 0,07%. A ata do BoE dá espaço para ganhos mercados acionários, já que taxas mais altas desanimam o sentimento do mercado. Segundo Kenneth Broux, do Lloyds TSB, o resultado é uma surpresa para o mercado, especialmente depois do forte índice de preços ao consumidor divulgado ontem. "Fica difícil prever um aumento da taxa no curto prazo", disse, mantendo sua previsão de que a taxa de juros estará em 5,5% no final do ano. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.