Bolsa de Londres sobe 0,52%; Paris tem alta de 0,88%

O índice FT-100, da Bolsa de Londres, fechou em alta de 29,5 pontos (0,52%), em 5.693,2 pontos. Operadores disseram que o mercado recuperou terreno depois de dois dias de quedas, impulsionado pelo bom desempenho de ações como Lloyds TSB, Shire Pharmaceuticals e as do setor de mineração. As ações o Lloyds TSB subiram 2,64%, em meio a especulações de que o investidor norte-americano Warren Bufett estaria aumentando sua participação no banco. Um porta-voz do Lloyds TSB se recusou a comentar os informes.As ações da Shire Pharmaceuticals avançaram 2,83%, depois de um tribunal federal norte-americano sustar a decisão em um processo por violação de patentes aberto pela empresa contra a Impax Laboratories Inc., abrindo a possibilidade de um acordo extrajudicial. As ações das mineradoras também subiram, especialmente as do setor de cobre (Antofagasta, +2,57%; e Xstrata, +3,12%); as da Vedanta Resources, que divulgou resultados, avançaram 3,9%. No setor de comércio varejista, as ações da Kesa Electricals caíram 1,9%, depois de a empresa rebaixar sua projeção de lucros para 2005.ParisNa Bolsa de Paris, o índice CAC-40 fechou em alta de 42 pontos (0,88%), em 4.814,09 pontos. Operadores disseram que os investidores compraram ações que haviam ficado baratas, depois de dois dias de quedas. As ações da Lafarge subiram 4,79%, depois de o Crédit Suisse First Boston (CSFB) elevar seu preço-alvo. As da Suez avançaram 3,02%, depois de a empresa anunciar um aumento dos dividendos; as da Veolia Environnement, do mesmo setor, ganharam 4,37%. As da France Telecom, que haviam subido ontem, recuaram 0,93%. Operadores disseram que o mercado francês deverá voltar a subir nesta sexta-feira, desde que as bolsas dos EUA fechem em alta hoje.

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2006 | 15h49

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.