Bolsa de Madri fecha em alta de 1,22%; Lisboa -0,12%

A Bolsa de Madri fechou com o índice Ibex-35 em alta de 133,00 pontos (1,22%), para 11.023,20 pontos, rompendo a barreira dos 11 mil pontos pela primeira vez em mais de cinco anos. Segundo traders o mercado foi impulsionado pela alta de 28,01% das ações da Arcelor, que recebeu uma oferta de compra da Mittal Steel. As ações da Acerinox subiram 3,11%, inspiradas pela mesma notícia. Por outro lado, as ações da Repsol ampliaram as perdas de ontem e caíram mais 3,10%. Entre outras blue chips, as ações do BBVA subiram 1,63%, as do SCH avançaram 1,57% e as da Telefónica fecharam em alta de 0,80%. Na semana, o índice acumulou um ganho de 2,63%. Em Lisboa, o índice PSI-20 fechou em baixa de 10,60 pontos (0,12%), para 8.781,33 pontos, com as principais blue chips pressionadas por uma leve realização de lucro, disseram traders. As ações do Banco Comercial Português caíram 0,81% e as da Portugal Telecom recuaram 0,49%, enquanto as da Energias de Portugal ficaram estáveis. As ações do Banco BPI subiram 2,42%, ainda impulsionadas pelo lucro acima do esperado registrado em 2005. Na semana, o índice ficou quase estável com uma variação de 0,006%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.