Bolsa de NY abre em baixa com impasse sobre dívida

As bolsas norte-americanas abriram em queda hoje, pressionadas pelo impasse que predomina quanto a um acordo para elevar o teto da dívida dos EUA e evitar que o país dê calote em parte de sua dívida.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

25 de julho de 2011 | 10h35

Às 10h35 (de Brasília), índice Dow Jones caía 0,84%, o Nasdaq recuava 0,86% e o S&P-500 cedia 0,84%.

Apesar da queda, o estrategista da Dearborn Partners, em Chicago, Paul Nolte, observou que os mercados não estão embutindo a possibilidade de qualquer moratória e esperam por progressos em direção a um acordo entre republicanos e democratas e o presidente dos EUA, Barack Obama.

No noticiário corporativo, as ações da Research in Motion caíram 1,5% após a fabricante do BlackBerry anunciar que irá cortar 2 mil empregos.

No calendário econômico, foi divulgado hoje o índice de atividade industrial do Federal Reserve de Chicago, mostrando melhora para -0,46 em junho em relação a marca de -0,55 do índice em maio. A média móvel do índice para três meses caiu para -0,60 em junho, de -0,31 em maio. O número não provocou reação no mercado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaqdívidaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.