Bolsa de NY acentua queda perto do fim do pregão

As bolsas de Nova York acentuaram suas perdas perto do fim da sessão. Depois de uma euforia inicial com a manutenção dos estímulos do Federal Reserve na quarta-feira, 18, os investidores ainda digerem o que isso significa. Hoje o presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard, disse que a decisão foi muito "apertada" e que uma redução das compras mensais de bônus em outubro é "inteiramente possível". Enquanto isso, o impasse fiscal ganha corpo no Congresso dos Estados Unidos, após os republicanos aprovarem, nesta sexta-feira, 20, um projeto que financia as atividades do governo, mas retira os recursos para os programas de saúde criados pelo presidente Barack Obama.

Agencia Estado

20 de setembro de 2013 | 16h50

Outro fator que colabora para a volatilidade é o chamado "quadruple witching", o vencimento simultâneo de opções e futuros de índices e de opções e futuros de ações; isso tende a aumentar o volume de negócios. Além disso, as ações da BlackBerry pressionam o Nasdaq, ao despencarem quase 20% depois da companhia anunciar uma ampla reestruturação. Por volta das 16h40 (pelo horário de Brasília) o Dow Jones perdia 0,89%, o Nasdaq recuava 0,32% e o S&P 500 tinha retração de 0,66%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valoresNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.