Bolsa de NY avança forte; Dow tem maior alta para junho

O mercado de ações dos EUA reagiu bem à cúpula europeia; com o ganho no dia, o S&P 500 teve o melhor junho desde 1999

Renato Martins, da Agência Estado,

29 de junho de 2012 | 18h42

O mercado norte-americano de ações fechou em alta forte, acompanhando outras Bolsas globais. O mercado reagiu positivamente às decisões anunciadas ao fim do encontro de cúpula da União Europeia. Com o ganho desta sexta-feira, o índice Dow Jones acumulou uma valorização de 486 pontos em junho - a maior alta em pontos de todos os tempos para este mês; o S&P-500 teve o melhor junho desde 1999; e o Nasdaq passou a acumular alta de dois dígitos, em termos porcentuais, desde o começo do ano.

"É tudo Europa. As medidas que estão sendo tomadas agora parecem ser um pouco mais dramáticas e importantes, e eles agiram um pouco mais rapidamente do que no passado", comentou Mike Gibbs, chefe da equipe de consultoria sobre ações da Raymond James Financial.

Para o estrategista Andrés García-Amaya, da JPMorgan Funds, "é um lembrete de quão pouco as pessoas esperavam dessa cúpula. As decisões anunciadas abrem um roteiro para a criação de uma união bancária europeia até o fim do ano. Isso conduz para a maior integração que queremos ver na Europa, portanto é um passo importante. Mas, por enquanto, são apenas palavras. Precisamos ver os detalhes".

Das 30 componentes do Dow, 29 ações fecharam em alta; a única a cair foi JPMorgan Chase (-0,42%), ainda em reação à revelação de que as perdas que o banco havia anunciado em operações com derivativos de crédito podem chegar a US$ 9 bilhões; os destaques foram Bank of America (+5,68%), Cisco Systems (+4,19%), United Technologies (+4,04%) e Hewlett-Packard (+3,87%).

As ações da canadense Research in Motion caíram 19,06%, em resposta a seu informe de resultados; as da Nike, que havia divulgado resultados na quinta-feira depois do fechamento, caíram 9,40%.

O índice Dow Jones fechou em alta de 277,83 pontos (2,20%), em 12.880,09 pontos. O Nasdaq terminou com avanço de 85,56 pontos (3,00%), aos 2.935,05 pontos. O S&P-500 finalizou com valorização de 33,12 pontos (2,49%), para 1.362,16 pontos. O NYSE Composite fechou em alta de 204,09 pontos (2,69%), em 7.801,60 pontos.

Na semana, o Dow acumulou uma alta de 1,89%; o Nasdaq, um ganho de 1,47%; e o S&P-500, um avanço de 2,03%. No mês de junho, o Dow ganhou 2,38%, o Nasdaq teve uma alta de 2,23% e o S&P teve um avanço de 2,23%.

No primeiro semestre, o Dow acumula uma alta de 5,42%, o Nasdaq, um avanço de 12,66%; e o S&P-500, um ganho de 8,31%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsasNova Yorkfechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.