Bolsa de NY fecha em alta com Citigroup e dado varejista

O mercado norte-americano de ações fechou em alta nesta segunda-feira, 14,recuperando terreno depois das quedas fortes da semana passada. O mercado reagiu positivamente ao informe de resultados do Citigroup no primeiro trimestre e também ao indicador de vendas no varejo; elas cresceram 1,1% em março, quando a expectativa era um crescimento de 0,8%. Excluídas as vendas do setor automotivo, as vendas cresceram 0,7%, quando a previsão era de +0,4%.

Agencia Estado

14 de abril de 2014 | 18h09

No meio da tarde, o índice Nasdaq passou ao território negativo, para recuperar-se no final da sessão. Investidores continuam a mostrar hesitação diante de ações que haviam subido muito no ano passado. O Nasdaq Biotechnology Index chegou a subir 2,7% pela manhã, mas chegou ao fim do dia em baixa de 1,1%.

"Não acho que o rali desta manhã fosse muito durável. As pessoas preferem esperar para ver alguns informes de resultados de grandes companhias e ver como o mercado e as ações absorvem as notícias", comentou Brian Fenske, da corretora ITG.

As ações do Citigroup subiram 4,36%, em reação a seu informe de resultados. Outros destaques no setor financeiro incluíram ações de bancos que divulgam balanços ao longo da semana, como Bank of America (+1,46%), Goldman Sachs (+1,32%) e Morgan Stanley (+2,07%). Entre os destaques no setor de tecnologia estavam ações como Facebook (+0,62%) e Twitter (+2,05%). Das 30 componentes do Dow Jones, apenas três ações fecharam em baixa (JPMorgan Chase -0,61%, Merck -0,63%, Microsoft -0,07%).

O índice Dow Jones fechou em alta de 146,49 pontos (0,91%), em 16.173,24 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 22,96 pontos (0,57%), em 4.022,69 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 14,92 pontos (0,82%), em 1.830,61 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsas de Valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.