Bolsa de NY fecha em leve queda em dia de nevasca

O mercado norte-americano de ações fechou em baixa, com os traders fazendo uma pausa depois de alguns dias de grande volatilidade. Os volumes foram inferiores às medias recentes, por causa da tempestade de neve que atingiu a Costa Leste dos EUA e levou à suspensão do serviço em algumas linhas do metrô de Nova York.

AE, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2014 | 20h25

"As pessoas estão tentando digerir o que viram nas últimas duas semanas", comentou Bryan Novak, da Astor Investment Management. Outros traders disseram que pesou no sentimento do mercado o informe da Advanced Data Processing (ADP) de que foram criados 175 mil postos de trabalho no setor privado em janeiro, menos do que os economistas esperavam. O informe da ADP é considerado uma prévia dos dados oficiais do Departamento do Trabalho, que saem na sexta-feira.

O outro indicador divulgado nesta quarta foi o índice de atividade dos gerentes de compras do Instituto para Gestão de Oferta (ISM) para o setor de serviços; o índice subiu para 54,0 em janeiro, de 53,0 em dezembro.

Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques foram Allergan (+0,44%), Merck (+0,04%), Estee Lauder (-5,54%) e Time Warner (+1,11%). Entre as ações de empresas que divulgariam balanços após o fechamento, os destaques foram Prudential Financial (+0,24%), Disney (+1,00%) e Twitter (-0,53%).

O índice Dow Jones fechou em baixa de 5,01 pontos (0,03%), em 15.440,23 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 19,97 pontos (0,50%), em 4.011,55 pontos. O S&P-500 fechou em queda de 3,56 pontos (0,20%), em 1.751,64 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.