Bolsa de NY fecha em queda forte

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em queda forte. Todas as 30 componentes do índice Dow Jones caíram, 23 delas com quedas de 1% ou mais. O Dow Jones havia subido 180 pontos nos três pregões anteriores e hoje perdeu um pouco mais do que isso. O Nasdaq, por sua vez, passou a acumular queda de 1,8% no ano. Em pontos, o pregão de hoje foi o terceiro pior de 2006 para o Dow Jones, o Nasdaq e o S&P-500. "Estamos em uma fase de correção e podemos dizer que a queda na confiança do consumidor contribuiu para o movimento de venda. Também temos a ata da última reunião do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) saindo amanhã e as pessoas estão preocupadas com a possibilidade de ela ser mais 'dura' do que se esperava em relação à inflação. O sentimento passou do otimismo à preocupação", comentou Brian Rauscher, diretor de estratégia da Brown Brothers Harriman. Entre as componentes do Dow Jones, as ações da General Motors caíram 5,38%, depois de rebaixamento de recomendação pelos analistas do Deutsche Bank. As da Wal-Mart recuaram 2,72%, depois de a empresa relatar que suas vendas cresceram apenas 2,3% em maio; isso afetou todo o setor de comércio varejista (JC Penney -2,2%, Kohl's -2,2%). No setor financeiro, as ações da Goldman Sachs caíram 2%, depois de o presidente George W. Bush nomear o executivo-chefe da empresa, Henry Paulson, para ser o novo secretário do Tesouro dos EUA. No setor de tecnologia, as ações da Microsoft caíram 2,4%, depois de rebaixamento de recomendação pela Caris & Co. O índice Dow Jones fechou em queda de184,18 pontos (1,63%), em 11.094,43 pontos. A mínima foi em 11.094,35 pontos e a máxima em 11.278,13 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 45,63 pontos (2,06%), em 2.164,74 pontos (mínima do dia); a máxima foi em 2.202,57 pontos. O Standard & Poor's-500 caiu 20,28 pontos (1,58%), em 1.259,88 pontos. O NYSE Composite recuou 130,16 pontos (1,58%), para 8.110,99 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,560 bilhão de ações, de 1,345 bilhão na sexta-feira; 751 ações subiram, 2.592 caíram e 109 fecharam nos mesmos níveis da sexta-feira. No Nasdaq, o volume alcançou 1,753 bilhão de ações negociadas, de 1,523 bilhão na sexta-feira, com 732 ações fechando em alta e 2,308 em queda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.