Bolsa de NY fecha novamente em forte alta

O mercado norte-americano de ações fechou em alta forte pelo segundo dia consecutivo, depois de uma nova rodada de indicadores. O índice Dow Jones fechou no nível mais alto desde 16 de maio e o Nasdaq, no nível mais alto desde 6 de julho. O Nasdaq acumulou uma alta de 3,9% nos últimos dois pregões, na maior alta em dois dias consecutivos nos últimos três anos. "Eu realmente gostei da disparada de hoje, patrocinada por uma inflação mais baixa. Esses dois últimos dias, com os índices de preços ao produtor e ao consumidor, levaram os investidores a crer que o Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA) não voltará a elevar as taxas de juro pelo futuro previsível", comentou o chefe de pesquisa e estratégia da Dover Management, Chris Wolfe. Pela manhã, o governo dos EUA informou que os preços ao consumidor subiram 0,4% em junho, em linha com as previsões, enquanto o núcleo do índice subiu 0,2%, quando se previa uma alta de 0,3%. O número de construções de residências, por sua vez, caiu 2,5% em junho, enquanto a produção industrial cresceu 0,4%, quando se previa um crescimento de 0,6%. Das 30 empresas que compõem o Dow Jones, 25 fecharam em alta. As ações da Boeing subiram 2,94%, depois de a Stifel Nicolaus fazer recomendação de compra; em reação à nova queda dos preços do petróleo, todas as 20 componentes do índice de ações de transportes DJTA fecharam em alta pelo segundo dia consecutivo. As ações da Intel, do setor de semicondutores, subiram 2,65%, acumulando alta de 6,9% nos últimos três dias. As da Hewlett-Packard, que divulgaria resultados depois do fechamento, avançaram 1,29% e fecharam no nível mais alto dos últimos cinco anos. Ainda no setor de tecnologia, as ações da Qualcomm subiram 6,7%, depois de adicionadas à lista de recomendadas da Merrill Lynch. As da rede de lojas de roupas Abercrombie & Fitch subiram 14%, em reação a seu informe de resultados. No setor de petróleo, as ações da Exxon Mobil caíram 1,63%, em reação à baixa dos preços do produto. O índice Dow Jones fechou em alta de 96,86 pontos (0,86%), em 11.327,12 pontos; a mínima foi em 11.224,91 pontos e a máxima em 11.334,56 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 34,53 pontos (1,63%), em 2.149,54 pontos, com mínima em 2.120,11 pontos e máxima em 2.149,54 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 9,85 pontos (0,77%), para 1.295,43 pontos. O NYSE Composite avançou 61,38 pontos (0,74%), para 8.357,40 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,613 bilhão de ações, de 1,520 bilhão ontem; 2.565 ações subiram, 777 caíram e 148 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,114 bilhões de ações negociadas, de 1,784 bilhão ontem, com 2.018 ações fechando em alta e 983 em queda. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.