Mark Lennihan/AP
Mark Lennihan/AP

Bolsa de NY recupera terreno após queda de 3ª feira

Os investidores estão voltando suas atenções para a reunião de política monetária do Federal Reserve, na próxima semana

RENATO MARTINS COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2014 | 15h04

As Bolsas dos Estados Unidos operam em alta, recuperando terreno depois de dois dias de quedas. O único indicador divulgado pela manhã foi o de estoques no atacado em julho; eles cresceram 0,1%, enquanto os economistas previam uma expansão de 0,5%.

Os investidores estão voltando suas atenções para a reunião de política monetária do Federal Reserve, na próxima semana, na expectativa de uma sinalização mais clara sobre como e quando o Fed passará a elevar as taxas de juro de curto prazo. "A economia dos EUA está crescendo, os lucros estão crescendo. Há forças atuando que provavelmente manterão os juros bem comportados por mais tempo do que a maioria das pessoas pensa", disse Stephen Auth, da Federated Investors. Entre esses fatores ele citou a demanda persistente dos investidores por bônus.

Entre os destaques da sessão estão as ações da Apple, que haviam caído 0,38% ontem, em dia de lançamento de novos produtos da empresa; há pouco, elas subiam 2,3%, dando sustentação ao índice Nasdaq. As ações da fabricante de instrumentos de navegação Garmin, que haviam caído 6,1% ontem em reação ao lançamento do Apple Watch, subiam 4,0% minutos atrás. Ainda no setor de tecnologia, as ações da operadora de rede social Twitter subiam 4,4%, após elevação de recomendação pelos analistas do UBS. Entre as componentes do índice Dow Jones, os destaques são Caterpillar (-1,5%), Chevron (-1,5%), Goldman Sachs (+1.2%), McDonald''s (+1,8%), UnitedHealth (-1,6%) e Visa (+1,6%).

Às 14h45 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 43 pontos (0,26%), para 17.057 pontos; o Nasdaq subia 26 pontos (0,58%), para 4.578 pontos; o S&P-500 subia 4 pontos (0,24%), para 1.993 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valoresNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.