Bolsa de NY sobe com Fed, Yahoo e indicadores

O mercado norte-americano de ações opera em alta nesta quarta-feira, 16, pelo terceiro dia consecutivo. O mercado reagiu positivamente a declarações da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, ao informe de resultados da Yahoo! no primeiro trimestre, aos dados da produção industrial dos EUA em março e aos indicadores divulgados à noite pela China.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

16 de abril de 2014 | 15h36

Yellen reconheceu que há incertezas sobre a perspectiva da economia, reafirmou o compromisso de continuar a dar estímulo enquanto o desemprego continuar elevado e disse que o Fed tem ferramentas para lidar com uma inflação demasiado baixa. O Bureau Nacional de Estatística da China informou que o PIB do país cresceu 7,4% no primeiro trimestre, em relação ao mesmo período de 2013; embora abaixo do crescimento de 7,7% registrado no quarto trimestre do ano passado, a expansão superou a previsão dos economistas, de 7,3%. A produção industrial da China cresceu 0,81% em março, com expansão de 8,8% em relação ao mesmo mês do ano passado; as vendas no varejo cresceram 1,23% no mês e 12,2% no ano.

Alguns investidores disseram que os dados da China aliviaram a preocupação de que a economia do país estivesse sofrendo uma desaceleração mais aguda; outros afirmaram que os dados fracos fazem crescer a probabilidade de que o governo chinês adote novas medidas de estímulo.

O mercado também reagiu positivamente ao informe de que a produção industrial dos EUA cresceu 0,7% em março, quando os economistas previam uma expansão de 0,4%. Outro indicador divulgado nos EUA foi o de construções de moradias iniciadas em março; elas cresceram 2,8%, para a taxa anualizada de 946 mil unidades, enquanto os economistas previam um crescimento de 6,4%; o número de permissões para novas construções caiu 2,4%, para 990 mil, quando a expectativa era de 1,01 milhão.

Entre as ações de empresas que divulgaram resultados do primeiro trimestre, os destaques são Bank of America (-2,4%), Intel (+0,1%) e Yahoo! (+5,5%). Entre as empresas que divulgam resultados depois do fechamento, os destaques são IBM (-0,1%), American Express (+1,1%) e Google (+2,1%).

Às 14h45 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 104 pontos (0,64%), para 16.367 pontos; o Nasdaq avançava 26 pontos (0,65%), para 4.060 pontos; o S&P-500 ganhava 10 pontos (0,58%), para 1.853 pontos.(Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsas de Valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.