Bolsa de NY sobe com sinal de inflação contida

Os principais índices do mercado de ações norte-americano fecharam em alta, depois de o "Livro Bege" - resumo das condições econômicas dos EUA - ter apontado que a economia continua a crescer num ritmo firme, mas sem gerar pressão inflacionária, segundo analistas. O índice Dow Jones, o principal das bolsas de NY, fechou no nível mais elevado desde 22 maio de 2001. O "Livro Bege" aumentou as esperanças de que o banco central norte-americano possa encerrar seu ciclo de aperto monetário em breve. As ações aceleraram os ganhos após o documento, que apontou um ritmo de crescimento "moderado" em janeiro e fevereiro, enquanto a inflação continuou contida nesse período. Embora as empresas tenham reportado a existência de pressão nos custos de insumos, os preços no nível de varejo aumentaram apenas levemente, segundo o Fed. Não foram reportados sinais de aumento da pressão do custo da mão-de-obra. "Mais do que qualquer coisa, eu penso que o Livro Bege do Fed sugere crescimento, mas não um crescimento excessivo e isso foi o que o mercado estava esperando", disse Michael Malone, analista da SG Cowen. "A inflação definitivamente se tornou uma preocupação recentemente, portanto, qualquer dado sugerindo que a inflação é benigna é bem recebida por Wall Street", acrescentou. O índice Dow Jones foi ajudado pelo bom desempenho de ações de grande peso, como DuPont, General Electric (GE), General Motors (GM) e McDonald's. As ações da DuPont subiram 2,27%, depois de a companhia do setor químico ter elevado sua previsão de lucro ajustado do primeiro trimestre para US$ 0,80 por ação, de uma expectativa anterior de US$ 0,70 por ação. As ações da GE fecharam em alta de 1,89%, depois que o Citigroup elevou suas projeções de lucro por ação da companhia de 2006 a 2008, citando uma forte perspectiva dos fundamentos. As ações da GM registraram ganho de 1,70% em reação à notícia sobre uma oferta de US$ 12,5 bilhões a US$ 13 bilhões para compra do controle da General Motors Acceptance Corp, braço financeiro da montadora, segundo informou o Wall Street Journal. As ações do McDonald's subiram 1,49%, depois de a rede de fast food ter anunciado planos para abrir 25 restaurantes na Rússia, em 2006. Por outro lado, as ações do Lehman Brothers caíram 0,79%, apesar de ter anunciado um crescimento de 24% no lucro no seu primeiro trimestre fiscal. Esse resultado ficou no topo das expectativas do mercado, mas não superou o aumento de mais de 60% no lucro líquido obtido pelo rival Goldman Sachs. O índice Dow Jones fechou em alta de 58,43 pontos (0,52%), em 11.209,77 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 15,94 pontos (0,69%), em 2.311,84 pontos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.