Bolsa de NY tem alta forte com quedas das commodities

O mercado norte-americano de ações fechou em forte alta, reagindo à queda forte dos preços do petróleo, à baixa dos juros dos títulos do Tesouro dos EUA (Treasuries) e a notícias positivas sobre empresas importantes, entre elas o informe de resultados da Goldman Sachs e mudanças no comando da Hewlett-Packard e na Bristol-Myers Squibb. O déficit comercial dos EUA em julho, que superou as previsões, foi recebido como sinal de que a economia dos EUA está caminhando para um "pouso suave", e não para uma recessão. "Tivemos o petróleo caindo ainda mais, quedas nos preços de outras commodities e alta nos preços dos títulos do Tesouro, entre outros fatores positivos. Isso contribui para o cenário de inflação benigna, o que é bom para as ações", disse o estrategista Scott Wren, da AG Edwards. As ações da Goldman Sachs subiram 4,83%. As da Bristol-Myers Squibb, do setor farmacêutico, avançaram 3,98%, depois de anunciado o afastamento de seu executivo-chefe. No setor de tecnologia, as ações da Hewlett-Packard tiveram ganho de 1,54%, em reação ao anúncio de que Patricia Dunn deixará de ser a chairwoman da empresa a partir de janeiro, quando será substituída pelo presidente e CEO da empresa, Mark Hurd. As ações da rede de lojas de eletrônicos Best Buy chegaram a cair 3,2% depois da divulgação de seu informe de resultados, mas reverteram a direção e fecharam em alta de 9,1%. As do McDonald's avançaram 2,9% e fecharam no nível mais alto dos últimos seis anos, em reação a seu informe de vendas de agosto. Índices O índice Dow Jones fechou em alta de 101,25 pontos, ou 0,89%, em 11.498,09 pontos. A mínima foi em 11.395,71 pontos e a máxima em 11.507,54 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 42,57 pontos, ou 1,96%, em 2.215,82 pontos, com mínima em 2.174,61 pontos e máxima em 2.217,28 pontos. O Standard & Poor's-500 subiu 13,57 pontos, ou 1,04%, para 1.313,11 pontos. O NYSE Composite, que reúne todas as ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova York, avançou 86,15 pontos, ou 1,04%, para 8.348,32 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,805 bilhão de ações, de 1,685 bilhão ontem; 2.547 ações subiram, 803 caíram e 120 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume alcançou 2,050 bilhões de ações negociadas, de 1,728 bilhão ontem, com 2.205 ações fechando em alta e 802 em queda. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

12 de setembro de 2006 | 18h20

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.