Bolsa de Tóquio cai 0,36%, com perdas de exportadoras

A Bolsa de Tóquio encerrou o dia negativa e com baixo volume, diante de um iene mais firme e das preocupações dos investidores com balanços que puxaram para baixo ações de exportadoras como Sony e TDK.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agencia Estado

20 de abril de 2011 | 14h41

O índice Nikkei 225 caiu 0,36% e fechou aos 9.556,65 pontos, após o recuo de 0,65 pontos registrado na sexta-feira. O volume caiu para apenas 1,65 bilhão de ações, o pior resultado desde 26 de janeiro.

Desde o começo, o pregão oscilou entre altas e baixas. O iene forte, combinado com o decisão da China de aumentar a parcela que os bancos devem manter como reserva (compulsório bancário), atingiu as empresas exportadoras.

Os papéis da TDK retrocederam 3,7%, enquanto os da Sony sofreram perda de 1,4%. As ações da fabricante de máquinas de construção Komatsu - que tem forte atuação na China - fecharam em baixa de 1,2%.

Tokyo Electric Power (Tepco) começou o dia forte, mas logo arrefeceu depois que a empresa aumentou de seis para nove meses o prazo para controlar a crise nuclear provocada pelo acidente na Fukushima Daiichi. Acabou fechando com perda de 0,4%. Os investidores também continuam a evitar riscos, à espera de balanços das grandes empresas japonesas após o terremoto seguido de tsunami ocorrido em 11 de março. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.