Bolsa de Tóquio cai em meio à tensão na Crimeia

Índice Nikkei encerrou o pregão desta segunda-feira com recuo de 0,4%, a 14.277,67 pontos

17 de março de 2014 | 08h38

A Bolsa de Tóquio fechou em queda pelo quarto pregão consecutivo, diante do referendo da Crimeia, no qual os eleitores decidiram se separar da Ucrânia e se integrar à Rússia, elevando as tensões internacionais e contribuindo para a valorização do iene.

O índice Nikkei encerrou o pregão desta segunda-feira com recuo de 0,4%, a 14.277,67 pontos, após cair 3,3% na sessão de sexta-feira.

O desempenho volátil já era esperado em função do referendo da Crimeia. O resultado foi imediatamente rejeitado pelos Estados Unidos e pela União Europeia (UE).

Entre as ações, as da Sumitomo Realty & Development caíram 2,7%, enquanto as da Daiwa Securities Group cederam 1,5%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
japãpbolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.