Bolsa de Tóquio fecha com alta de 1,4%

Investidores repercutem plano europeu de ações contra a crise da dívida no continente

Antonio Rogério Cazzali, da Agência Estado,

28 de outubro de 2011 | 05h32

As ações fecharam em alta na Bolsa de Tóquio, com o otimismo gerado pelo pacote bem sucedido para a redução da dívida da Grécia e para o fortalecimento do euro. Porém, as pressões de vendas seguiram os lucros das gigantes do setor de tecnologia Kyocera e Advantest, que ajudaram na obtenção de ganhos maiores ao mercado.

A média do índice Nikkei somou 123,93 pontos, ou 1,4%, e fechou aos 9.050,47 pontos, acompanhando os ganhos de 2% do dia anterior. O ganho líquido semanal de 4,3% foi o melhor do ano para o Nikkei.

Para o gerente-geral de investimento e pesquisa da SMBC Friend Valores Mobiliários, Fumiyuki Nakanishi, como a situação na zona do euro deverá melhorar, o Nikkei pode estar se encaminhando para recuperar seu nível anterior a 11 de março, data do terremoto e tsunami que castigaram o país, chegando à casa dos 10.400 pontos no fim do ano. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.