Bolsa de Tóquio fecha com queda de 0,8%

A bolsa de Tóquio fechou hoje com queda de 0,8% no índice Nikkei 225, aos 14.821,26 pontos. Os investidores se desfizeram dos papéis que haviam adquirido apenas para aproveitar a tendência de alta registrada ontem, quando a bolsa subiu 3,1%. Dessa forma, consolidaram suas posições enquanto aguardam os balanços de grandes empresas, a serem divulgados na próxima semana. O Nikkei teve queda acentuada no começo do pregão, mas reduziu as perdas com investidores que buscavam ganhos de curto prazo e que recompraram algumas blue chips. A expectativa deles é pelos resultados a serem divulgados hoje por algumas grandes empresas dos EUA, como a Google. Companhias de arrendamento mercantil estiveram entre as grandes perdedoras do dia. Notícias veiculadas na imprensa dão conta de que o governo japonês poderá obrigar as empresas a contabilizar esse tipo de transação, para efeito de impostos, como compras e não como aluguéis. A mudança forçaria as empresas a comprar equipamentos que hoje são alugados. Os papéis da Diamond Lease desabaram 12,2%. Os da IBJ Leasing caíram 8%, e os da Sumitomo Corporation´s Leasing, 7,9%. No setor automotivo, Honda e Nissan caíram 1,1% e a Toyota recuou 0,7%. No setor imobiliário, Mitsubishi Estate perdeu 2,4%, Mitsui Fudosan declinou 1,3% e Sumitomo Realty baixou 1,7%. (As informações são da Dow Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.