Bolsa de Tóquio fecha em alta com recuo do iene

A Bolsa de Tóquio encerrou o pregão desta quarta-feira com alta acentuada, sustentada pela desvalorização do iene frente ao dólar e pelo expressivo avanço das ações do Softbank. Após forte queda na semana passada, os investidores apagaram parte das perdas na terceira sessão da semana.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2014 | 07h05

Os investidores alertaram que o movimento reflete apenas a reação dos participantes do mercado à recente fraqueza das ações japonesas. O índice Nikkei fechou com ganho de 3,0%, a 14.147,68 pontos, maior avanço porcentual em quase dois meses.

Os comentários do presidente do Banco do Japão (BoJ), Haruhiko Kuroda, de que a economia do país está no caminho para atingir a meta de inflação em 2%, também contribuíram para que o otimismo prevalecesse. As declarações colaboraram para que o iene recuasse ante a divisa norte-americana. Outro fator que impulsionou o dólar foi o Produto Interno Bruto (PIB) da China, que subiu 7,4% no primeiro trimestre, acima da expectativa de crescimento de 7,3%.

Às 4h41 (de Brasília), o dólar operava a 102,24 ienes, de 101,87 no final da tarde de ontem. A melhora do dólar em relação à moeda japonesa é bem recebida pelas companhias exportadoras do Japão, que se tornam mais competitivas no exterior.

Ações sensíveis à inflação subiram acentuadamente. A Sony cresceu 2,3%, enquanto a Sumitomo Realty & Development ganhou 3,4%.

No mesmo sentido, os papéis do Softbank avançaram 8,5%, após a companhia de comércio eletrônico da China, Alibaba, na qual a instituição financeira japonesa detém participação de 37%, anunciou que seus lucros mais do que dobraram no quarto trimestre, para mais de US$ 1,3 bilhão. Além disso, as ações do Yahoo, das quais 40% pertencem ao Softbank, registraram alta de 4,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.