Bolsa de Tóquio fecha em alta de 0,3%

A Bolsa de Tóquio fechou em alta liderada pelas ações da Seiko Epson e do Instituto de Pesquisas Nomura. O Nikkei 225 subiu 48,53 pontos, ou 0,3%, aos 17.470,46 pontos. Os investidores esperam que a maioria das empresas divulgue resultados positivos no trimestre outubro-dezembro e as perspectivas para o próximo ano fiscal no decorrer de março. Mas, segundo os negociadores, o mercado não deve registrar grandes altas, já que essas expectativas foram consideradas na formação dos atuais preços das ações depois que o principal índice da bolsa japonesa atingiu a maior alta em seis anos na última sexta-feira. A Seiko Epson subiu 5,7%, depois que a fabricante de eletrônicos e impressoras divulgou na sexta-feira que seu lucro líquido no trimestre outubro-dezembro subiu 49%, em relação ao mesmo período do ano anterior, como conseqüência das grandes vendas de projetores e no aumento da lucratividade nos negócios com impressoras. As ações do Instituto de Pesquisas Nomura avançaram 7,3% depois que a principal empresa de sistema de integração anunciou bons resultados do trimestre e também revelou que pretende aumentar seus dividendos para o próximo ano fiscal. A Seiyu subiu 13% com as possibilidades de realinhamento no setor varejista do Japão. As expectativas foram criadas depois que o vice chairman do Wal-Mart, Michael Duke, disse que a empresa pode procurar futuras oportunidades de aquisição no setor varejista japonês. Outras empresas de varejo também registraram grandes altas. A Seiyu é uma subsidiária do Wal-Mart. Softbank ganhou 5,6% depois que o Credit Suisse elevou a classificação para a empresa de investimentos em internet e telecomunicações, dizendo que as operações de telefones celulares da companhia têm algumas vantagens de preço não oferecidas por suas concorrentes. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.