Bolsa de Tóquio ganha 0,8% com desvalorização do iene

Índice Nikkei fecha com maior pontuação em três meses

Ricardo Criez, da Agência Estado,

17 de agosto de 2012 | 06h38

A Bolsa de Tóquio fechou em alta acentuada nesta sexta-feira, na maior pontuação em três meses. Uma nova desvalorização do iene estimulou mais compras nas ações de exportadoras, com as blue chips orientadoras Fanuc, Kyocera e Honda Motor obtendo robustos ganhos.

O Nikkei adicionou 69,74 pontos, ou 0,8%, e terminou aos 9.162,50 pontos, após alta de 1,9% na sessão de quinta-feira - no intraday, o índice atingiu o maior nível desde 8 de maio.

Na semana, o Nikkei acumulou ganhos de 3%, fechando em alta pela terceira semana seguida, com elevação de 7% no período. O volume de negociações seguiu pouco inspirador e totalizou 1,75 bilhão de ações.

"O próximo momento chave é por volta de 30 de agosto; o rali deve continuar até lá, e o Nikkei deve subir para testar os 9.500 pontos", disse Shoichiro Yamauchi, analista da Nomura.

"Um aperto firme na marca dos 80 ienes por dólar é a chave para viabilizar um rali do Nikkei", afirmou Hiroyuki Fukunaga, CEO da Investrust, ao observar que as previsões de lucros anuais dos principais exportadores se baseiam nesse nível cambial. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.