Bolsa de Tóquio perde 0,9% com realização de lucros

Perspectivas do segundo semestre fiscal oferecem poucos motivos para otimismo imediato

Ricardo Criez, Agencia Estado

28 de setembro de 2012 | 06h13

A Bolsa de Tóquio fechou em queda nesta sexta-feira. O encerramento do primeiro semestre fiscal convidou os investidores à realização de lucros nas ações de exportadores e de papéis ligados à China, como Honda e Fanuc, à medida que as perspectivas do segundo semestre oferecem poucos motivos para otimismo imediato.

O Nikkei caiu 79,71 pontos, ou 0,9%, e terminou aos 8.870,16 pontos, após alta de 0,5% na sessão de quinta-feira - na semana, o índice acumulou perdas de 2,6%, mas no ano tem alta de 4,9%. O volume de negociações subiu para 1,76 bilhão de ações.

"Setembro não é tradicionalmente um bom mês para as ações, mas nós conseguimos puxá-lo ''artificialmente'', por assim dizer, através das medidas de flexibilização adotadas pelos bancos centrais mundiais", disse um diretor de negociação de ações de uma corretora estrangeira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.