Bolsa de Tóquio recua 0,1% com iene e commodities

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, uma vez que a valorização do iene empurrou para baixo as ações das empresas exportadoras, como a Nissan Motor, ao mesmo tempo que o declínio dos preços do ouro e do petróleo levou ao enfraquecimento das ações ligadas a commodities, como as da Mitsui. O índice Nikkei 225 perdeu 7,46 pontos, ou 0,1%, e fechou aos 10.303,83

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

17 de dezembro de 2010 | 07h33

A Bolsa abriu em ligeira baixa e depois oscilou em torno do ponto de equilíbrio durante a maior parte do dia. Uma valorização do iene levou a um movimento modesto de vendas de ações de empresas exportadoras com grande capitalização de mercado, como a Nissan, que perdeu 1,5%, e a Toyota, que caiu 0,9%.

Identificando sinais de que o mercado está excessivamente comprado, a vice-gerente-geral da Daiwa Securities Capital Markets, Yumi Nishimura, disse que "os traders estão apenas escolhendo ações retardatárias, em vez de fazer compras generalizadas". O gerente-geral da Mito Securities, Yutaka Yoshii, acrescentou que "haverá uma redução de ordens de compra por parte dos investidores estrangeiros na próxima semana, pois eles estão entrando em recesso". As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.