Bolsa de Tóquio recua com expectativas pelo Fed

A bolsa de Tóquio recuou no pregão desta terça-feira em meio à cautela pela reunião do comitê de política monetária dos Estados Unidos, que ocorre nesta semana. O índice Nikkei 0,23%, para 15.911,53 após um ganho de 1,8% na semana passada. Os mercados japoneses estavam fechados segunda-feira devido a um feriado nacional.

Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2014 | 05h41

O Federal Reserve encerará seu programa de compra de ativos em outubro, após a melhora da economia norte-americana. Os investidores tentam avaliar agora o tempo que o banco central norte-americano vai levar para começar a elevar as taxas de juros.

O administrador chefe de fundos na Ichiyoshi Investment Management, Mitsushige Akino, disse que o cenário ideal seria uma indicação de que as autoridades do Fed não pretendem elevar os juros tão cedo. O baixo rendimento da renda-fixa, que têm como referência os juros do Fed, estimula o investimento em ações.

Os investidores também se desfizeram de posições em preparação para a oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa de e-comerce chinesa Alibaba, que deve ocorrer na sexta-feira.

As especulações de que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) pode aumentar os estímulos econômicos, que ajudam o desempenho da bolsa, não tiveram grande influência no pregão desta terça-feira, segundo o estrategista de equity do UBS Japão Tomohiro Okawa. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.