Bolsa de Tóquio recua pelo quarto pregão consecutivo

A Bolsa de Tóquio fechou em baixa pelo quarto pregão consecutivo, pressionada pelos dados de exportação da China e pela leve desvalorização do dólar.

AE, Agência Estado

10 de julho de 2014 | 04h45

Essa é a maior sequência de perdas desde meados de maio, mas não parece ter acionado o alarme dos investidores. "Eu não trato o recente enfraquecimento do mercado acionário com muita preocupação, após seis semanas de compras e quase 10% em ganhos", disse Ed Rogers, executivo-chefe da Rogers Investment Advisors.

O índice Nikkei encerrou o dia em queda de 0,6%, aos 15.216,47 pontos, com um volume fraco, mas em linha com as sessões recentes. No mesmo momento, o dólar operava a 101,53 ienes, de 101,61 ienes no fim do pregão anterior.

Também ajudou a piorar o sentimento no mercado os dados do governo da China, mostrando que as exportações cresceram 7,2% em junho, na comparação anual, muito abaixo dos 10% esperados pela mediana das projeções de 21 economistas consultados pelo Wall Street Journal.

Já a ata da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), divulgada ontem, mostrou que os EUA devem encerrar o programa de compra de ativos em outubro. "O Fed parece que vai fazer o que todos esperavam. À medida que as empresas entram no período de silêncio antes das publicações de resultados, os investidores estão no modo ''esperar para ver'', já que os incentivos para operar são poucos", disse o gerente geral da Chibagin Asset Management, Yoshihiro Okumura. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.