Bolsa de Tóquio registra terceira alta consecutiva

Principais companhias de serviços públicos tiveram forte valorização

Hélio Barboza, da Agência Estado,

30 de junho de 2011 | 07h17

A Bolsa de Tóquio fechou em alta pela terceira sessão consecutiva depois que a aprovação do pacote de austeridade pelo Parlamento grego ajudou a puxar para cima a cotação do euro diante do iene, beneficiando as ações das empresas exportadoras. As principais companhias de serviços públicos, por sua vez, tiveram forte alta graças à crença de que o país não abandonará a energia nuclear, como vinha sendo especulado. O índice Nikkei 225 avançou 18,63 pontos, ou 0,2%, e fechou aos 9.816,09 pontos.

O mercado abriu em alta com o alívio proporcionado pela aprovação do plano de austeridade que evitou o default da Grécia. O euro se fortaleceu em relação ao iene, sustentando as ações das grandes exportadoras, como Sony e Ricoh, embora os ganhos tenham sido limitados e o pregão logo tenha se tornado oscilante com as realizações de lucros. "Para o mercado conseguir mais impulso, é preciso haver alguns estímulos novos, como números encorajadores dos pedidos de seguro-desemprego nos EUA hoje e da atividade industrial, do Instituto para Gestão da Oferta dos EUA (ISM, na sigla em inglês), amanhã", disse Hideyuki Ishiguro, estrategista da Okasan Securities.

O setor de prestação de serviços públicos foi um dos que apresentaram melhor desempenho, uma vez que todas as nove companhias regionais do setor que usam combustível nuclear reafirmaram seu apoio à energia atômica em assembleias de acionistas nesta semana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquioGréciaeuroserviços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.