Bolsa de Tóquio sobe 0,4%; 1ª alta em uma semana

A bolsa de Tóquio fechou em alta nesta quarta-feira, após uma semana de fortes baixas. O índice Nikkei 225 subiu 0,4%, para 14.500,26 pontos, depois de perder 7,2% desde a última quinta-feira. Operadores consideraram que os ganhos foram modestos diante das perdas recentes, o que pode indicar a continuidade da pressão baixista no curto prazo. Mas o Nikkei 225 deve ganhar sustentabilidade caso consiga se manter acima do nível de 14.200 pontos nos próximos pregões. Os investidores foram estimulados pelo desempenho positivo dos mercados de ações dos EUA e apostaram principalmente nos papéis que haviam sofrido perdas excessivas, como os dos estaleiros Hitachi Zosen e Kawasaki Heavy. O primeiro teve valorização de 5,2% e o segundo obteve ganho de 1,6%. Mitsui Engineering fechou com alta de 1,3%. As ações da Ishikawajima-Harima Heavy Induistries subiram 1% depois que a companhia anunciou ter obtido, juntamente com a gigante norueguesa de engenharia Aker Kvaerner, um contrato de 77 bilhões de ienes da Occidental Petroleum, para a construção de uma usina de gás natural no Texas. A Hoya, fabricante de produtos ópticos e eletrônicos, teve valorização de 4,5% com a notícia de que seu lucro líquido aumentou 5,4% no segundo trimestre. No final do pregão, o mercado se mostrava cauteloso, ante a expectativa da divulgação dos balanços de grandes companhias norte-americanas, como a Intel. Também era aguardado o pronunciamento do presidente do Fed (banco central dos EUA), Ben Bernanke. (As informações são da Dow Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.