Bolsa de Tóquio sobe 0,7% após pesquisa 'tankan'

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, diante dos resultados melhores do que o esperado da pesquisa "tankan" sobre o sentimento empresarial, realizada pelo Banco do Japão (BoJ, banco central) e divulgada nesta quarta-feira. A pesquisa sustentou o desempenho positivo das ações de exportadoras, como Sony e Nissan, a despeito da alta do iene, ajudando a compensar os temores de uma diluição do valor dos papéis da Tokyo Electric Power, que estaria planejando uma oferta de ações. O índice Nikkei 225 subiu 63,62 pontos, ou 0,7%, e fechou aos 9.559,38 pontos.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

29 de setembro de 2010 | 07h08

A pesquisa trimestral do BoJ mostrou que o sentimento entre as grandes indústrias do país melhorou pelo sexto trimestre seguido, mas revelou também que as companhias esperam uma profunda deterioração do ambiente de negócios no próximo trimestre. Segundo os analistas, a alta das ações deve ter vida curta diante das preocupações com o sentimento empresarial futuro, mas o humor atual pode ser sustentado por algum tempo.

"Os investidores não estão dispostos a tomar grandes posições, pois esperam algum tipo de medida adicional do governo" disse Kazuhiro Takahashi, gerente geral da Daiwa Securities Capital Markets. Ele observou que enquanto o dólar for negociado a menos de 84 ienes haverá esperança de mais intervenção no câmbio e que, por isso, as ações das exportadoras podem não cair significativamente por enquanto. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.