Bolsa de Tóquio sobe 1,5% com dados de Europa e EUA

Números compensaram a queda da Tepco, abalada pela notícia de que a empresa enfrenta uma nacionalização virtual

Ricardo Criez, da Agência Estado,

21 de dezembro de 2011 | 07h02

A Bolsa de Tóquio apresentou alta expressiva, impulsionada pelos dados econômicos positivos da Europa e dos EUA. Esses números alavancaram as ações dos exportadores e compensaram a queda da Tepco, abalada pela notícia de que a empresa enfrenta uma nacionalização virtual.

Nesta quarta-feira, o Nikkei ganhou 123,50 pontos, ou 1,5%, e encerrou aos 8.459,98 pontos, após alta de 0,5% na sessão anterior. Foi o maior ganho porcentual diário em duas semanas. O volume de negociações, contudo, continuou baixo, totalizando 1,25 bilhões de ações.

O pregão na bolsa japonesa subiu fortemente desde o início, no embalo da disparada no mercado imobiliário dos EUA, no aumento da confiança das empresas na Alemanha e no bem-sucedido leilão de títulos de curto prazo da Espanha. O foco agora está no anúncio dos resultados das operações de refinanciamento de longo prazo do Banco Central Europeu (BCE), disse Kazuhiro Takahashi, gerente geral de investimentos estratégicos e de pesquisas da Daiwa Securities. Os números saem ainda hoje. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.