Bolsa de Tóquio sobe 1%, com valorização do euro

 Alta da moeda europeia compensou perdas entre as ações ligadas a matérias-primas

Hélio Barboza, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 07h27

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, pois a valorização do euro ajudou alguns pesos pesados do setor de tecnologia, como Kyocera, Canon e TDK, mais do que compensando as perdas entre as ações ligadas às commodities, como as das siderúrgicas e das empresas de transporte marítimo, O índice Nikkei 225 subiu 85,58 pontos, ou 1%, e fechou aos 8.701,23 pontos.

Os principais índices da Bolsa abriram em baixa depois das quedas acentuadas nas bolsas estrangeiras na quarta-feira e do mergulho dos preços de commodities, incluindo cobre, petróleo e ouro, o que prejudicou transportadoras marítimas, traders atacadistas e siderúrgicas. "O declínio dos mercados de commodities reflete as preocupações com as condições econômicas globais", disse Yoshinori Nagano, estrategista da Daiwa Asset Management.

Na sessão da tarde, porém, o Nikkei subiu, ajudado por uma recuperação do euro para bem acima da marca de 104 ienes. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.