Bolsa de Tóquio tem leve queda com realização de lucros

O mercado de ações de Tóquio encerrou em leve queda nesta quarta-feira, depois que um enfraquecimento no dólar contra o iene desencadeou um movimento de realização de lucros na bolsa, principalmente em papéis do setor de imóveis. A tendência de baixa também foi direcionada pela queda nos preços do petróleo, enquanto analistas e investidores aguardam a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), na quinta-feira.

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2014 | 09h37

O índice Nikkei terminou em desvalorização de 0,14%, aos 17.383,58 pontos, após três sessões seguidas de ganhos. Um enfraquecimento do dólar ajudou desencadear uma realização de lucros, desde o início do pregão. A queda da moeda dos Estados Unidos geralmente é ruim para empresas japonesas, especialmente para os exportadores, pois têm menos espaço para cortar os preços de produtos que vendem no exterior e podem comprar menos de ienes quando repatriam lucros.

"Depois de uma série consistente de ganhos ao longo do último mês, podemos finalmente estar entrando em um período de desaquecimento para o dólar", disse Tatsunori Kawai, estrategista-chefe da kabu.com Securities. "Com as taxas dos Treasuries de longo prazo permanecendo baixas, novos aumentos do dólar devem depender mais sobre o que o Banco do Japão (BOJ) decidir fazer sobre a política monetária. Mas outra rodada de relaxamento quantitativo não é provável nos próximos meses".

As incorporadoras imobiliárias foram as mais afetadas pelos movimentos do dólar. Os papéis da Mitsui Fudosan perderam quase 2% e os da Sumitomo Realty recuaram 2,53%.

A queda dos preços do petróleo também pesaram negativamente no mercado, tendo em vista que analistas preveem que a Opep não deve decidir reduzir a produção de maneira significativa o suficiente para compensar o enfraquecimento da demanda global. A Opep se reúne na quinta-feira para decidir sobre cortes de produção, mas a perspectiva não parece otimista para um acordo. "O dólar está forte e simplesmente não há demanda global suficiente para empurrar os preços para cima", disse o CEO da Investrust, Hiroyuki Fukunaga. "O petróleo pode ficar em preços baixos por um bom tempo". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
JAPÃOBOLSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.