Bolsa de valores do Egito continuará fechada até a próxima semana

Série de disputas trabalhistas em todo o país continua provocando prejuízos no setor de serviços financeiros egípcio

Danielle Chaves, da Agência Estado ,

22 de fevereiro de 2011 | 11h40

O mercado de ações do Egito vai permanecer fechado até a próxima semana, informou o operador da bolsa de valores do país em um comunicado. Uma série de disputas trabalhistas em todo o país continua provocando prejuízos no setor de serviços financeiros egípcio.

"Foi decidido suspender as operações no mercado de ações egípcio até a próxima semana", disse o operador da bolsa. Desde 27 de janeiro o mercado local de ações está paralisado, depois que o principal índice da bolsa caiu 16% em três dias em consequência de manifestações contra o governo - que culminaram com a renúncia do então presidente Hosni Mubarak.

Na semana passada o operador da bolsa do Egito afirmou que o mercado só será reaberto depois que o setor bancário estiver operando com capacidade total. O plano inicial era reabrir a bolsa no dia 13 de fevereiro, mas greves de trabalhadores em todo o país nos últimos dias provocaram o adiamento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.