Bolsa do México sobe 0,55%

O índice IPC, da Bolsa do México, fechou em alta de 100,88 pontos (0,55%), em 18.447,10 pontos. O volume alcançou 2,41 bilhões de pesos, com 99,5 milhões de ações negociadas. Entre as ações que mais subiram estavam nomes secundários como as da operadora de telefonia celular Iusacell, com alta de 22%, depois de a empresa anunciar um acordo com a maioria de seus credores para a reestruturação de US$ 766 milhões de sua dívida. As ações da rede de lojas Elektra avançaram 6% (assim como a Iusacell, a Elektra tem como principal acionista o investidor Ricardo Salinas Pliego). As ações da mineradora Penoles subiram 3%, depois de a empresa anunciar um acordo com os trabalhadores de suas minas de zinco e chumbo, que ameaçavam entrar em greve. Entre as blue chips mexicanas, as ações da América Móvil subiram 0,6% e as da Cemex avançaram 1%.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2006 | 19h51

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.