Estadão
Estadão

Bolsa fecha em queda, puxada por ações da Petrobrás

Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,45%, aos 54.674,21 pontos; papéis da estatal apresentaram queda, em função de notícias como de que a companhia pretendia incluir ativos do pré-sal no plano de desinvestimentos – o que foi desmentido pela petroleira

O Estado de S. Paulo

16 Abril 2015 | 18h09


Depois de encostar nos 55 mil pontos nesta quarta-feira, o Ibovespa deu um passo atrás e terminou em baixa nesta quinta-feira, ainda na casa dos 54 mil pontos. Os ganhos acumulados em abril justificaram a realização de lucros e Petrobrás, um dos papéis que mais subiram neste mês, também conduziram o movimento de queda da sessão.

O Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,45%, aos 54.674,21 pontos. Na mínima, marcou 54.316 pontos (-1,10%) e, na máxima, 54.919 pontos (estável). No mês, acumula ganho de 6,89% e, no ano, de 9,33%. O giro financeiro totalizou R$ 7,147 bilhões.

O índice não subiu em nenhum momento da sessão e, durante todo o dia, sofreu influencia do noticiário em Petrobrás. Pela manhã, afetou o desmentido da empresa, ontem à noite, de que pretenda incluir ativos do pré-sal no plano de desinvestimentos. "O plano de desinvestimento, conforme aprovado, não contém ativos do pré-sal", garantiu a companhia no fato relevante divulgado ontem, que lembra ainda que projeto é comercializar US$ 13,7 bilhões em ativos neste e no próximo ano.

À tarde, o papel foi para as mínimas com a informação de que não deve mesmo pagar dividendos referentes a 2014. No final, Petrobrás ON recuou 1,86% e a PN, 3%.

Vale, que até se sustentou mais firme um pouco mais cedo, perdeu força e renovou as mínimas à tarde. A empresa acompanhou o movimento de suas pares na Europa, em um novo dia de tensões sobre a Grécia, e sofreu influência da decisão da Moody's de revisar para US$ 40,00 a tonelada o preço de sensibilidade do insumo. Vale ON, -2,90%, Vale PNA, -1,94%.

Gerdau PN terminou em baixa de 4,18% e Metalúrgica Gerdau PN, de 5,09%. Hoje, o Bank of America Merrill Lynch reduziu a recomendação da siderúrgica Gerdau de outperform para neutro e cortou o preço-alvo para as ações preferenciais da empresa de R$ 15,00 para R$ 12,00.

Nos EUA, o Dow Jones terminou a sessão em baixa de 0,04%, aos 18.105,77 pontos, o S&P 500 recuou 0,08%, aos 2,104,99 pontos, e o Nasdaq teve baixa de 0,06%, aos 5.007,79 pontos.

Mais conteúdo sobre:
mercadobolsaibovespaBM&FBOVESPA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.