Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bolsas americanas operam em baixo no início do dia

Sem uma direção muito definida, a Bolsa de Nova York abriu em alta hoje, mas virou e passou a registrar leve baixa. Às 10h35, o Índice Dow Jones recuava 0,09%. A Bolsa eletrônica Nasdaq iniciou o dia em alta, mas também inverteu a tendência e passou a cair 0,02%. A perspectiva da apresentação do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, durante a Cúpula Econômica de Anacostia, em Washington, pouco depois da abertura do pregão, deve provocar certa cautela entre investidores neste início de dia em Wall Street. O evento em si não sugere que o comandante do banco central norte-americano fará comentários capazes de esclarecer as atuais dúvidas dos mercados sobre quantas mais vezes o juro será elevado. O tema, "a revitalização das comunidades" não indica a possibilidade de que fale sobre política monetária. Além disso, não haverá espaço para entrevistas ou perguntas da platéia, segundo a agência Dow Jones. Mas a polêmica causada pela âncora da rede de TV CNBC, Maria Bartiromo, será suficiente para manter os investidores ligados ao evento. Bartiromo afirmou ter ouvido de Bernanke que não quis tranqüilizar o mercado com seu depoimento da semana passada no Congresso, mas garantir flexibilidade para que a instituição possa agir conforme a necessidade apontada pelos indicadores econômicos. Os mercados estremeceram com as declarações. A bolsa caiu e o juro disparou. Tendo em vista o destaque que as autoridades monetárias vêm dando aos indicadores econômicos, desde a última reunião de política monetária, os investidores devem ficar atentos também ao indicador sobre a atividade do setor de serviços do Instituto para Gestão da Oferta (ISM) em abril e de encomendas à indústria de março, que saem às 11h (de Brasília). O comportamento do petróleo e o ouro também deve limitar o ímpeto de compra dos investidores. O ouro atingiu nova máxima em 25 anos, a US$ 679,00 a onça-troy no pregão eletrônico da Comex, causando desconforto entre os mais preocupados com as perspectivas inflacionárias. O petróleo segue próximo de US$ 74,00 o barril e hoje é um dia de volatilidade, por causa da divulgação dos estoques de petróleo e gasolina mais tarde.

Agencia Estado,

03 de maio de 2006 | 10h43

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.