Bolsas asiáticas divergem com bancos e espera por PMI

A maioria das bolsas asiáticas encerrou o pregão desta terça-feira em terreno positivo, refletindo o bom desempenho dos índices de Wall Street ontem, que marcaram sua quinta sessão consecutiva de ganhos.

MARCELO RIBEIRO SILVA, Agencia Estado

22 de abril de 2014 | 08h32

Na China, os papéis fecharam sem direção definida. Por um lado, o desempenho das ações de bancos e de fabricantes de smartphones deram força às bolsas, enquanto, por outro, os investidores aguardaram com cautela a divulgação da leitura preliminar do índice de atividade (gerentes de compras) industrial da China, do HSBC, hoje à noite. O índice Xangai Composto terminou a sessão em alta de 0,34%, a 2.170,21 pontos, enquanto o índice Shenzhen Composto caiu 0,77%, a 1.066,50 pontos.

As ações dos bancos chineses se recuperaram, após caírem na semana passada em reação às preocupações com a desaceleração do crescimento doméstico. Os papéis do Bank of China ganharam 1,2% e os do Bank of Communications avançaram 0,5%. No mesmo sentido, as ações de fabricantes de smartphones também registraram ganhos, com destaque para os papéis da ZTE Corp., que avançaram 2,7%, e os da China United Network Communications, que subiram 2,6%.

Já o índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,13%, fechando a 22.730,68 pontos. A queda foi determinada por notícias desfavoráveis envolvendo o conglomerado China Resources Holding. No final de semana, o presidente do grupo, Song Lin, foi afastado do cargo por estar sendo investigado por envolvimento em um escândalo de corrupção. Entre as empresas que pertencem ao conglomerado, as ações ds China Resources Enterprise caíram 4,2%, enquanto as da China Resources Power cederam 9,6%.

O mercado nas Filipinas encerrou o dia no azul. O índice PSEi, da Bolsa de Manila, avançou 0,26%, a 6.784,95 pontos. Na Tailândia, o índice SET ganhou 0,14%, a 1.415,05 pontos. O otimismo também prevaleceu entre os investidores da Coreia do Sul e o índice Kospi subiu 0,25% na Bolsa de Seul, a 2.004,22 pontos. No mesmo sentido, o índice Taiex, da Bolsa de Taiwan, fechou com acréscimo de 0,3%, a 8.974,71 pontos.

Na região do Pacífico, após permanecer fechada em função do feriado de Páscoa, a Bolsa de Sydney encerrou em alta, impulsionada pelo bom desempenho das ações norte-americanas ontem e dos papéis do setor bancário do país. O índice se aproximou de bater seu maior nível em seis anos. O índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, ganhou 0,46%, a 5.479,30 pontos. Entre os destaques, Australia & New Zealand Banking Group e Westpac subiram 1,2% e 1,0%, respectivamente. Com informações da Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.