Bolsas asiáticas fazem meia-volta e avançam

A Bolsa de Sydney subiu 1,2%, para 5.131,4 pontos;  nas Filipinas, o índice PSEi avançou 0,1% e encerrou o dia a 5.914,59 pontos

06 de fevereiro de 2014 | 06h53

Após fortes quedas durante a semana, os mercados asiáticos encerraram o pregão de quinta-feira em alta, ainda que os ganhos tenham sido limitados pela espera do aguardado relatório de emprego nos EUA, que será publicado na sexta-feira.

O índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, na Austrália, subiu 1,2%, para 5.131,4 pontos. Nas Filipinas, o índice PSEi, da Bolsa de Manila, avançou 0,1% e encerrou o dia a 5.914,59 pontos, assim como o índice Kospi, da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, ganhou 0,9% e fechou o dia com 1.907,89 pontos. Em Taiwan, o mercado subiu 0,6%, para 8.311,01 pontos, e em Hong Kong o índice Hang Seng registrou alta de 0,7%, para 21.423,13 pontos. Os mercados chineses continuaram fechados por conta da celebração do Ano Novo Lunar.

Os mercados asiáticos ganharam apesar de um pregão em leve baixa nos EUA, impactados pelo relatório de criação de vagas no setor privado. Segundo publicado pela Automatic Data Processing/Macroeconomic Advisers (ADP/MA), o setor privado dos EUA acrescentou 175 mil postos de trabalho em janeiro, abaixo da previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires de 189 mil vagas.

Agora a expectativa fica por conta do relatório de emprego. Para o diretor-presidente da Rivkin Securities, Scott Schuberg, um número ruim poderá fazer com que os investidores voltem a um tipo de negociações com menor risco, "na qual os investidores procuram ativos de mais qualidade, como os Treasuries norte-americanos e até mesmo metais preciosos".

Mesmo assim, na Austrália o mercado registrou a maior variação positiva em três semanas, favorecido pela busca dos investidores por barganhas. No acumulado do ano, o índice S&P/ASX 200 ainda marca queda de 4,1%. Em Taiwan o dia também foi de recuperação, após as perdas de 2,3% da véspera. O analista do IBT Securities Jared Wang reforçou que os investidores institucionais estrangeiros estão em busca de ações baratas.

Em Hong Kong, as ações dos cassinos se recuperaram após a forte queda registrada na quarta-feira, quando a região de Macau anunciou um crescimento de 7% nas receitas dos jogos. Esse crescimento foi a metade do que analistas estavam esperando. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.